Top 3 estratégias B2B para ecommerce B2B Mobile

Há algumas plataformas que já começaram a oferecer funcionalidades B2B assim como a Magento já faz há um bom tempo na versão Magento Commerce, mas além das funcionalidades há estratégias que podem ser seguidas para diferenciar seu B2B da concorrência, por isso hoje trago para vocês as top 3 estratégias a serem seguidas em seu e-commerce B2B mobile.

Sua empresa pode estar no início de sua jornada digital, formulando diretrizes estratégicas, discutindo sobre conflitos de canais, definindo a formas de aumentar suas operações de negócios B2B com uso de tecnologia. Ou você pode estar mais adiantado no caminho da maturidade digital, explorando os canais de vendas do mercado ou descobrindo como a inteligência artificial pode ajudar seus esforços. Não importa onde a sua empresa esteja ao longo da jornada para a maturidade digital, uma estratégia móvel é fundamental para superar a concorrência.

Tendências do mercado B2B

Por que investir em B2B mobile?

A natureza do e-commerce B2B está mudando, com os millennials entrando nas funções de agentes de compras e compradores corporativos. O comprador B2B faz o que tem que fazer não querendo fazer um telefonema para fazer pedidos ou obter uma cotação. Usando não apenas computadores, mas smartphones e tablets durante sua jornada de compra, podemos entrega uma experiência de comércio móvel perfeita, fundamental para o crescimento do negócio.

Os pontos chaves sobre o comprador B2B são:

  • Altamente envolvido com sua marca
  • Gastar quantias altas
  • Repete compras regularmente

O comércio eletrônico é um processo contínuo

Muitas organizações B2B consideram a migração para o comércio móvel como um processo complicado, tanto para os negócios quanto para a tecnologia, pois há muitas abordagens e opções. Isso é verdade, mas dividido em fases e trabalhando com cada pilar da sua organização, pode ser uma jornada tranquila. A chave não é emular um ambiente B2C ou mesmo criar algo completamente novo, mas manter sua herança B2B ao mesmo tempo em que acopla processos e soluções B2C para adicionar múltiplos pontos de valor a todos os constituintes. Transformação digital não é um evento único, é um processo contínuo de maturidade que permitirá a criação de novos modelos inovadores, como o comércio móvel ou a expansão de sua atual oferta de comércio móvel. Inovação contínua e otimização são constantes.

Prioridades do eCommerce B2B Mobile

Conversando com vários executivos B2B em vários setores, eles repetiram o mesmo comentário:

Automatizar os processos de vendas e utilizar o celular em alguma medida é uma parte fundamental de nossa estratégia de negócios abrangente, pois torna mais fácil para os representantes venderem mais e os clientes comprarem mais.

Todos esses executivos trabalham em empresas em diferentes estágios de maturidade digital, um com o e-commerce B2B não responsivo e em fase de mudança para responsivo, outro com um aplicativo para vendas de campo para utilizar no processo de pedido, e outro utilizando um site totalmente responsivo para seus clientes e representantes de vendas. Os motivos para se criar um aplicativo para dispositivos móveis ou um website responsivo, ou talvez ambos, dependem da maturidade digital da empresa e de seu roteiro. No entanto, três prioridades permanecem constantes em todas as estratégias de mobilidade desses executivos:

1. Garantir experiências rápidas e sem atrito

Comece pensando em sua experiência móvel antes do computador, porque o celular é onde a maioria de seus clientes está. Os sites para computadores e dispositivos móveis devem aproveitar o design responsivo que minimiza os cliques de qualquer caminho para todas as pessoas em potencial. Por exemplo, um cliente que está sentado em uma reunião pode clicar rapidamente para verificar o status atual de um pedido ou fazer um novo pedido dos mesmos produtos de dois meses atrás. Ou considere a jornada que um representante de vendas de campo leva para criar uma nova conta, obter aprovação de crédito e em seguida exibir produtos de venda complementares.

2. Crie um conteúdo personalizado como a Uber

Pense no seu site ou aplicativo para dispositivos móveis como uma conexão direta com seu cliente, pois as chamadas e os e-mails se tornarão menos frequentes. Você pode abrir uma nova estratégia de marketing digital pensando dessa maneira. Por exemplo, se você tiver um aplicativo, aproveite a capacidade de enviar notificações push quando um cliente normalmente estiver com pouco produto ou uma promoção estiver disponível. Em sites de comércio móvel responsivo, quando um cliente faz login, mostre a ele as opções inteligentes de venda com desconto com base em suas compras anteriores. Aprofunde-se ainda mais e compreenda não apenas a empresa que você está prestando serviços, mas se você atender a vários títulos nessa empresa, crie experiências específicas para suas necessidades.

3. Integrações com o back-office

Sua plataforma de comércio não pode funcionar isolada das suas ferramentas de back-office. Ser capaz de se integrar com seus sistemas, como contabilidade, ERP, OMS e CRM, para automatizar a sincronização de informações como pedidos, clientes, preços e estoque entre sistemas, minimizará a alteração de erros, melhorará a escalabilidade e inserirá manualmente todos esses dados. Ao garantir que sua plataforma de comércio seja capaz de integrar-se facilmente a seus sistemas de back-end existentes com APIs robustas e extensões prontas para uso, isso economizará muitas dores de cabeça e acelerará o tempo de lançamento do site ou aplicativo de comércio móvel.

Sua estratégia de comércio móvel desempenha um papel importante no avanço da sua jornada digital para permitir que você alcance o sucesso de sua empresa. Com mais de 50% das consultas de pesquisa B2B sendo feitas em smartphones hoje, ser capaz de traçar um curso para execução tática, mitigar o risco de conflito de canais e entender tendências emergentes em dispositivos móveis é a base para o amadurecimento digital e uma vantagem competitiva.

Artigos que indico

6 melhores práticas de um e-commerce B2B de sucesso
Principais dicas da própria Magento Inc. para quem tem ou vai começar seu e-commerce B2B.medium.com

Magento ebook de boas práticas B2B
O comércio entre empresas (B2B) está evoluindo tão rápido quanto as expectativas dos compradores. A sua empresa está…medium.com

6 Boas práticas para buscas em um eCommerce B2B
Nos últimos anos, trabalhei muito com a pesquisa de ecommerce, tanto por meio de relações de consultoria (diretamente…medium.com